• Roberto Kirizawa

The Game Changers – Resenha

Tempo de leitura: 5 minutos


The Game Changers, que traduzindo passa a ideia das coisas que mudam o jogo, é um documentário de 2018 que estreiou no catálogo da Netflix em outubro de 2019. Ele basicamente passa a mensagem de como o veganismo, ou seja, se alimentar à base de plantas, pode ajudar na performance e saúde das pessoas.

Antes de mais nada, para quem ainda não assistiu o documentário, devo alertar que haverá spoilers, ok?

Outra coisa importante é que caso queira realizar uma mudança na sua alimentação, como é proposto no documentário, é interessante primeiramente ir a um profissional da área que possa ajudá-lo.

Sobre o documentário The Game Changers

No documentário The Game Changers, o lutador profissional do UFC James Wilks narra sua história de vida. Após se consagrar campeão, teve uma lesão grave e procurou alternativas para sarar o mais rápido possível. Quando realizou diversas pesquisas de como diversos atletas de elite se recuperavam de treinos extenuantes, encontrou o veganismo. Então, passou a se profundar no assunto e utilizou o conhecimento que estava sendo adquirido em seu próprio benefício. Ele percebeu, além da melhora da lesão, também um aumento sua performance em geral.

Exemplos utilizados

Durante o documentário The Game Changers é mostrado diversos exemplos de atletas de elite que utilizam a alimentação à base de plantas. São inúmeros deles. Tem exemplo de esportes como:

  1. Ultramoaratona;

  2. Corrida;

  3. Levantamento de peso;

  4. Ciclismo;

  5. Futebol americano;

  6. Fisiculturista;

  7. Lutador de UFC; E até o homem que bateu o recorde mundial de levantamento de peso.

Exame de sangue

Foi realizado um experimento em que foi retirado o sangue de 3 pessoas. Em um dia se alimentaram com proteína animal. E no outro com proteína vegetal. As amostras passaram por uma centrifugadora separando o plasma do sangue. No dia em que as pessoas se alimentaram com a proteína animal, o plasma ficou translúcido e grosso. E no dia em que se alimentaram de proteína vegetal, ficou claro e líquido. Com isso, foi demonstrado que no caso da alimentação à base de proteína animal, teria como resultado o acúmulo de colesterol nas artérias. Podendo então gerar problemas cardiovasculares.

Meio ambiente

Também foi citado os efeitos que a produção de carne gera no meio ambiente. O professor Lang mencionou que para produzir 1 hambúrguer é necessário 2.400 litros de água! Essa água toda é necessária para poder aguar as plantações que servirão de alimento para o gado. E também para hidratar o gado enquanto está sendo criado para o abate.

Pessoas normais podem se beneficiar

Por fim, o documentário The Game Changers mostrou que pessoas normais podem se beneficiar tendo uma alimentação vegana. Foi mostrado o caso do pai do James Wilks, que tinha acabado de ser operado por um problema cardíaco. E foi adotado, como uma forma de diminuir os riscos de uma nova ocorrência do problema, a dieta à base de vegetais.

O experimento realizado com uma brigada de bombeiros foi que achei mais impactante. Muitos deles estavam com os níveis de colesterol muito alto. Também foi dito que os bombeiros morrem mais por ataque cardíaco do que por qualquer outra coisa. Foi tirado uma amostra de sangue de todos eles no início deste experimento. Após uma semana se alimentando apenas de vegetais, os bombeiros tiraram uma nova amostra de sangue. E para a surpresa geral houveram mudanças significativas. Teve caso de até 100 pontos de baixa no índice do colesterol!

Também foi mostrado casos como o de um treinador de 60 anos de idade. Ele tinha o corpo atlético como um jovem que está em plena forma. E ainda teve a entrevista com o Arnold Schwarzenegger em que ele comenta sua descoberta recente. Ele comenta que apenas agora ficou sabendo que há a possibilidade de ganhar massa magra sem a necessidade de comer carne. Inclusive, comenta que aderiu a esta dieta e nunca teve os índices do seu colesterol tão baixo.

Pesquisa à parte

Após ver toda esta explanação sobre os benefícios da dieta vegana, pesquisei sobre o que médicos e especialistas estavam comentando na internet sobre o documentário. E de forma geral, a maioria passa a ideia de que concordam que uma alimentação prioritariamente à base de vegetais é uma boa pedida. Porém, eles frisam que o “prioritariamente”. Deixam claro que a alimentação típica americana, com muita carne processada nos Fast Foods, não é boa para a saúde. Sendo assim, uma mudança para uma dieta vegana, com certeza, iria trazer benefícios. Tanto para a saúde como uma melhor disposição. Mas, para as pessoas que já fazem uma alimentação saudável, como por exemplo, uma dieta mediterrânea, isto não deve acontecer. Neste caso, não haveria mudanças tão perceptíveis no quadro de saúde e disposição. Como também nos exames de sangue.

Qual é o consenso

Percebo que o consenso entre os especialistas na área e os médicos é de se fazer uma alimentação prioritariamente com vegetais. Isto não significa que deve-se retirar totalmente a carne da alimentação. Porém, não deve-se comer carne processada, nem em excesso.

Espero que esta resenha possa te ajudar a entender uma pouco mais deste universo enorme de possibilidades que temos na alimentação.

Se você achou que este conteúdo teve valor para você e pode ajudar alguém que você conheça, compartilhe-o como demonstração de carinho.

Muito obrigado e até a próxima.


#thegamechangers

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tempo de leitura: 6 minutos Chegou a hora de te passar como foi minha experiência em passar vegetariano por 30 dias. Como atualmente estou passando uma temporada aqui no Japão, existe um pequeno incon

Tempo de leitura: 9 minutos Você sabe como é ser vegano? Por quê as pessoas se tornam veganas? Então fica comigo que além de te explicar tudo isso ainda vou te contar minha experiência passando 30 dia