• Roberto Kirizawa

Steve Jobs | O quê suas roupas tem a ver com o Japão

Tempo de leitura: 4 minutos

Que Steve Jobs gostava muito do design da arquitetura japonesa, muitos já sabem.

Porém, que seu estilo de vestir, de forma minimalista, estar intimamente relacionado com o Japão, isto muitos não sabem.

E é justamente sobre isso que é nossa conversa de hoje.

Steve Jobs e o Japão

Steve Jobs, gostava muito de visitar o Japão, pois tinha um grande apreço por diversas coisas da cultura japonesa.

Quando ele vinha para cá, eu digo vinha para cá, pois estou passando uma temporada aqui no Japão, ele gostava de algumas atividades em especial.

  1. Visitar lugares com a arquitetura tradicional japonesa, já que achava que o seu design era maravilhoso;

  2. Assistir artesãos japoneses realizando seu trabalho; Ele percebia como estes profissionais conseguiam expressar sua arte em um nível muito acima do normal, tendo em vista que tiveram a paciência de cultivar esta habilidade por toda uma vida. Inclusive ele chegou a encomendar peças de cerâmicas para sua coleção.

  3. E claro, como não podia deixar de ser, ele gostava de visitar as instalações das fábricas japonesas; Em especial a Sony. Ele cultivava desde sua juventude uma admiração pela Sony. Sempre dizia que ficava maravilhado como a Sony conseguia vender seus produtos com tanta aceitação do mercado. Steve Jobs no começo da carreira dizia que isso o intrigava. Se questionava por que os produtos da Sony eram tão admirados e reconhecidos no mercado. Ficava horas admirando os panfletos reluzentes que a Sony criava para promover seus produtos. E por isso, nada mais natural, agora que ele tinha a possibilidade de ir visitar a casa da empresa que ele tanto admirava, fazer questão de conhecer suas instalações.

Steve Jobs na Sony

E foi justamente em uma destas visitas, nos anos 80, que ele ficou curioso ao perceber que todos os funcionários da Sony vestiam um uniforme.

Então ele perguntou ao CEO da Sony, Akio Morita, o motivo disto.

Assim, Akio Morita explicou que existiam basicamente 2 motivos para isso.

Primeiramente, porque logo a após a II Guerra Mundial, as pessoas não tinham roupas para vestir no trabalho.

Desta forma, a empresa achou que precisa oferecer tal ajuda aos seus funcionários, a fim de que eles não ficassem constrangidos para trabalhar.

Segundo, porque sentiu que seria uma oportunidade de estabelecer uma identidade visual, onde todos poderiam se sentir parte de uma mesma equipe.

Portanto, a Sony solicitou para o estilista Issey Miyake para criar o seu uniforme.

Minha experiência no Japão

E só fazendo um parêntesis aqui, posso te afirmar, pelo minha vivência aqui no Japão que esta cultura perpetua até hoje nas empresas.

Não posso dizer todas, mas a grande maioria possui seu uniforme e todos os funcionários, o usam diariamente.

A ideia do uniforme de Steve Jobs

Ao ouvir a história, Steve Jobs logo pensou em implantar também um uniforme para os funcionários da Apple.

Mas percebeu que a cultura e a situação era muito diferente e acabou não colocando em prática.

Assim, resolveu criar o seu próprio uniforme.

E claro, né, pediu para o estilista Issey Miyake ajudá-lo nesta tarefa.

Steve Jobs percebeu que criando um uniforme para si poderia ganhar em:

  1. Conveniência, pois não precisaria mais pensar qual roupa iria vestir;

  2. Criar uma assinatura visual.

A criação da identidade visual de Steve Jobs

Eureka!

Ele percebeu que poderia fazer para sua imagem, exatamente o que já tinha feito para a Apple.

Da mesma forma que qualquer pessoa reconhece o logo e os produtos da Apple em qualquer parte do mundo, também passaria a reconhecer sua imagem pessoal.

Então ele assumiu seu uniforme a partir dos anos 80.

Uma camisa preta de manga longa e gola alta, calça jeans e tênis.

E este é um visual bem diferente, se comparado aos demais CEOs de qualquer grande empresa.

Uso constante

A partir dos anos 90 Steve Jobs passou a usar seu uniforme todos os dias e em qualquer lugar.

Era possível vê-lo em público com esta vestimenta, quando visitava as Apple Stores, nas apresentações que ele fazia para lançar novos produtos e até em seus momentos particulares, quando estava em sua casa.

Agora pensa comigo, se um cara como Steve Jobs, que era fissurado por design e criou a Apple com seus produtos revolucionários optou por simplificar sua vida utilizando o mesmo padrão de roupa todos os dias, por que nós também não poderíamos pensar nessa possibilidade?

Programa Quando Menos é Mais

Inclusive no Programa Quando Menos é Mais eu me aprofundo também neste tipo de assunto para podermos sempre extrair o que a vida tem de melhor, sem ficar perdendo tempo e energia com coisas desnecessárias.

Se você achou que este conteúdo teve valor para você e pode ajudar alguém que você conheça, compartilhe-o como demonstração de carinho.

Muito obrigado e até a próxima.

#armáriocápsula #minimalismo #stevejobs #uniforme

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo