• Roberto Kirizawa

Qual é o melhor investimento que você pode fazer

Tempo de leitura: 4 minutos


Sem sobra de dúvida, não existe investimento com melhor retorno do que investir em você mesmo.

Isso acontece porque se você investir uma quantidade qualquer de dinheiro em uma aplicação financeira, hoje em dia, dificilmente terá ganhos que supere 10, 20 ou até 30 vezes a taxa básica de juros da economia, também conhecida por Selic.

Mas caso você invista em você mesmo, e dependendo do que você fizer com este conhecimento, seu retorno pode ser muito além do padrão do mercado financeiro.

Quando você está investindo em você mesmo, sua mente está entendendo que está se dando importância para sua evolução.

E que isso é tão importante a ponto de você colocar seu foco e energia nisso para que possa crescer e gerar resultados.

Você tem a capacidade de mudar seu interior.

E lembre-se o seu interior cria o seu exterior.

É o que você emite para o universo que recebe como resposta.

Se você emite que entende o valor do conhecimento e de seu autodesenvolvimento, receberá como resposta oportunidades que precisam do que você tem a oferecer.

Formas de investir em você mesmo

Existem diversas formas de você investir em você mesmo.

  1. Leia livros. Independente da área ou segmento, ler sempre é uma boa pedida. A leitura de de livros técnicos ajudam você a melhorar seu desempenho ou se preparar para atuar de determinada área. Enquanto a leitura de livros de autodesenvolvimento te capacitam a melhorar em áreas como produtividade, organização, relacionamentos e outros mais. E não podemos deixar de lado livros de histórias, biografias e ficção. Estes estimulam a criativa e principalmente, alimentam a alma.

  2. Faça cursos. Tanto cursos presenciais como cursos online são legais de se fazer. Os cursos presenciais são bacana porque dão a possibilidade de interagir com outras pessoas. A interação auxilia no aprendizado e pode gerar um networking saudável. Com a pandemia do COVID-19, os cursos online passaram a ser um nicho em franco crescimento. Existem diversos cursos online gratuitos em diversas áreas de conhecimento, o que acaba sendo muito cômodo. Basta dar uma vasculhada na internet que você encontrará vários.

  3. Exercite-se. Agora você pode estar se perguntando: “Mas o que tem haver exercitar com investir em mim mesmo?” Mas o fato é que cuidar de sua saúde é o investimento número 1 que você deve fazer. Afinal de contas, sem saúde, todo o resto vira resto, certo?

  4. Viaje. Viajar é uma das formas mais divertidas de autodesenvolvimento. Você pode aproveitar para aprender ou aprimorar um outro idioma, se for o caso. Poderá conhecer novas culturas, novas formas de pensar e viver. Isso de certa forma abre nossa mente de tal forma que tenho que acabar parafraseando Albert Einstein: “Uma mente que se abre a uma nova ideia, jamais volta ao seu estado original”.

  5. Divirta-se. Você sabia que, muitas vezes, é justamente no momento em que se pára de pensar em um problema que a solução vem à mente? Portanto, se dê o direito de ter momentos de relax e diversão. Você notará que conseguirá ser mais criativo e ter mais ideias que podem ser utilizadas para solucionar diversos dos seus dilemas.

  6. Relacione-se com boas companhias. É importante ter outras pessoas para trocar ideias e aprender novas formas de fazer as coisas. Porém é primordial entender que somos a média das pessoas que andamos e convivemos. Se você é o melhor, independente da área, do grupo de pessoas que anda, isso não vai te estimular a continuar sua evolução. Aliás, andar com pessoas pessimistas e que não aceita o sucesso alheio só vai te puxar pro fundo do poço ao invés de ajudar emergir. Portanto, ande com pessoas que são felizes, acreditam tanto no seu próprio sucesso como no sucesso alheio e estão em constante evolução.

 

Programa Quando Menos é Mais

Caso você tenha interesse de obter todos estes benefícios, utilizando os conceitos do minimalismo em conjunto com técnicas cientificamente comprovadas, clique no botão abaixo e saiba mais sobre o Programa Quando Menos é Mais.


Programa Quando Menos é Mais

 

Se você achou que este conteúdo teve valor para você e pode ajudar alguém que você conheça, compartilhe-o como demonstração de carinho.

Muito obrigado e até a próxima.


#investimento

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo