• Roberto Kirizawa

Consórcio ou Financiamento

Tempo de leitura: 5 minutos


Você saberia escolher a melhor opção entre consórcio ou financiamento?

Quando se vive utilizando os conceitos do minimalismo é comum começar a refletir melhor quais são as melhores opções disponíveis. Na hora de realizar um compra, de aceitar um serviço para fazer e inclusive na escolhe entre opções que estão disponíveis no mercado financeiro. Por isso, hoje vamos analisar 2 formas muito comuns das pessoas utilizarem para comprar diversos tipos de bens e serviços, que são o consórcio e o financiamento.

Tipos de consórcio

Os consórcios podem ser utilizados para adquirir:

  1. Serviços

  2. Viagens;

  3. Tratamentos estéticos;

  4. Festas;

  5. Eventos;

  6. Reformas da casa.

  7. Veículos

  8. Carros;

  9. Motos;

  10. Barcos;

  11. Caminhões;

  12. Aeronaves.

  13. Imóveis

  14. Casas;

  15. Apartamentos;

  16. Terrenos;

  17. Imóveis rurais;

  18. Imóveis comerciais.

  19. Bens móveis

  20. Geladeiras;

  21. Televisores;

  22. Computadores;

  23. Máquinas de lavar;

  24. Freezes.

Com exceção do consórcio para aquisição de imóveis que tem suas parcelas corrigidas pelo INCC (Índice Nacional de Custo da Construção), os demais geralmente são corrigidos pelo IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo).

Tipos de financiamento

Os financiamentos podem ser utilizados para praticamente tudo. O que irá variar são os juros cobrados. Para bens como carros e imóveis, os juros tendem ser menores, tendo em vista que é possível utilizar o próprio bem como garantia.

Comparação técnica

Enquanto no consórcio, quem faz a gestão é a administradora do consórcio, no financiamento é a instituição financeira, geralmente um banco. Lembrando que um banco também pode abrir consórcios e disponibilizar no mercado para os clientes. E este tipo de coisa acontece bastante. A principal diferença entre o consócio e o financiamento é o tempo em que se demora para ter o bem à disposição. No financiamento, assim que ele é aprovado, pode-se ter acesso ao bem desejado. Mas no consórcio terá que se esperar a sua vez, quando for sorteado. Pode-se até tentar adiantar o recebimento do bem dando um lance, mas não é garantido de se conseguir. Principalmente porque muitos consorciados também tentarão a sorte dando um lance para adiantar o recebimento do bem. Uma coisa importante a se comentar é que em caso de ser contemplado no consórcio, isso não isenta de ter que continuar pagando as parcelas até o final do plano contratado. Ambos, consórcio e financiamento possuem bastante taxas que são integradas ao seu pagamento. Segue algumas delas:

  1. Consórcio

  2. Taxa de administração;

  3. Taxa de adesão;

  4. Correção das parcelas pelo índice estipulado;

  5. Seguro;

  6. IOF.

  7. Financiamento

  8. Juros estipulado em contrato;

  9. Seguro;

  10. Taxa de administração;

  11. Taxa de cadastro;

  12. Registro de contrato;

  13. IOF.

Apesar de no momento de se oferecer o consórcio apenas é comentado sobre a taxa de administração e no financiamento sobre os juros, podemos ver que existem muito mais custos envolvidos.

Comparação financeira

Realizei uma simulação na data de hoje de um consórcio e de um financiamento, na mesma instituição financeira. Desta forma, podemos analisar a real diferença financeira existente entre estas 2 modalidades de possível aquisição de bens. A simulação realizada foi para adquirir um carro no valor de R$ 50.000,00. Seguem os detalhes da simulação:

ConsórcioFinanciamentoEntrada—R$ 5.000Quantidade de parcelas3636Valor das parcelasR$ 1.621,36R$ 1.592,21Total desembolsadoR$ 58.368,96R$ 62.319,56

Só que para fazer a análise correta temos que levar em consideração que as parcelas do consórcio terão reajustes anuais de acordo com o IPCA. Apenas para efeito de simulação irei utilizar o IPCA dos 2 últimos anos como parâmetro de cálculo. Pelo site do IBGE, em 2019 o IPCA ficou em 4,31% e em 2020 ficou em 4,52%.Então as parcelas do consórcio ficariam assim:

  1. 1o ano: R$ 1.621,36

  2. 2o ano: R$ 1.691,24

  3. 3o ano: R$ 1.767.68

Portanto a simulação atualizada ficaria assim:

ConsórcioFinanciamentoEntrada—R$ 5.000Quantidade de parcelas3636Valor das parcelasR$ 1.621,36 – ano 1 R$ 1.691,24 – ano 2 R$ 1.767,68 – ano 3R$ 1.592,21Total desembolsadoR$ 60.963,36R$ 62.319,56

Aqui podemos notar que o valor total desembolsado no consórcio fica aproximadamente em R$ 61.000,00.Isto significa que a diferença entre o consórcio e o financiamento, no final das contas, ficou em praticamente R$ 1.000,00.

Conclusão

Com esta simulação podemos perceber que o consórcio não é um negócio tão bom quanto se prega por aí. Sai praticamente o valor do financiamento e ainda não se pode pegar o bem na hora, como acontece no financiamento. Imagine que o bem que está sendo adquirido seja um carro para trabalhar com Uber. O tempo que a pessoa teria que esperar para ter a sorte de ser contemplado no consórcio poderia estar fazendo dinheiro com as corridas do Uber. Quem sabe até fazendo o dinheiro suficiente para pagar as parcelas e ainda sobrar um trocado.

Pondo sob este ponto de vista percebe-se que é necessário analisar muito mais a fundo antes de tomar qualquer decisão financeira.

Mas isto não quer dizer que o financiamento seja a melhor opção. Existem outras opções financeiras para se adquirir um bem que acredito que sejam bem mais interessantes. Para esclarecer esta dúvida estarei escrevendo mais artigos no blog, ok?

Quer receber uma apresentação em pdf com todas estas informações detalhadas no seu e-mail? Então clica aqui.

 

Programa Quando Menos é Mais

Caso você tenha interesse em ter mais consciência em como lidar com seu dinheiro, ser mais produtivo e trabalhar seu autodesenvolvimento, utilizando os conceitos do minimalismo em conjunto com técnicas cientificamente comprovadas, clique no botão abaixo e saiba mais sobre o Programa Quando Menos é Mais.


Programa Quando Menos é Mais

 

Se você achou que este conteúdo teve valor para você e pode ajudar alguém que você conheça, compartilhe-o como demonstração de carinho.

Muito obrigado e até a próxima.


#consórcio #dinheiro #financiamento

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tempo de leitura: 4 minutos No livro Do Mil ao Milhão, escrito por Thiago Nigro podemos identificar qual é o seu pensamento estratégico para conseguirmos alcançar 1 milhão de reais, na prática. Sim, e

Tempo de leitura: 12 minutos Ao longo da vida a gente vai acumulando hábitos de consumo que não são os melhores, pensando financeiramente, e jogam nosso dinheiro no lixo. Porém, como o próprio nome di