• Roberto Kirizawa

COMO COMEÇAR A DESTRALHAR AS COISAS DE SUA CASA

Tempo de leitura: 9 minutos



Você ouviu um monte de gente falando em minimalismo e em destralhar a casa para ficar mais organizada, limpa e bonita.

Então, achou que seria legal fazer isso em sua própria casa.

Mas só de pensar destralhar toda aquela bagunça, já ficou desesperado.

Então chegou a hora de entender como fazer isso de forma que você não vai arrancar todos seus fios de cabelo.

Como começar a destralhar

A primeira coisa é escolher um dos 2 formatos mais comuns:

  1. Destralhar por categoria;

  2. Destralhar por cômodo.

Ambas as escolhas são interessantes e sua escolha vai depender da forma como você pensa.

Prós em destralhar por categoria

Quando se escolhe começar a destralhar por categoria você deve juntar todas as coisas da casa que pertencem a esta categoria.

Por exemplo material de escritório.

Sei que deve haver canetas, lápis, papeis e outras coisas mais espalhadas pela casa.

Então você junta tudo isso para só então organizar.

O bom é que ficará mais fácil de ver quais são os itens que estão duplicados.

Geralmente isto acontece porque você não encontrou algo quando precisou ou esqueceu que tinha.

Agora você poderá decidir se ficará com estes itens em duplicidade ou se irá desfazer dele.

Aproveite para deixar todos estes itens organizados juntos.

Desta forma evitará correr o risco de comprar objetos duplicados novamente.

Prós em destralhar por cômodo

Ao começar o destralhe escolhendo um cômodo por vez fica mais fácil se concentrar em um único espaço físico.

Diferentemente de quando se escolhe por categoria que muitas vezes terá que ficar se deslocando de um cômodo para o outro a fim de juntar todos os itens da mesma categoria.

Porém ficará mais difícil de ver se possui objetos duplicados.

E a tendência é que manterá itens da mesma categoria em cômodos diferentes, mantendo-os nos lugares onde já se encontram.

Só que para o quesito organização esta não é a melhor opção.

Minha escolha

Portanto, minha escolha pessoal é realizar o destralhe por categoria.

Até porque é mais produtivo quando temos tudo da mesma categoria em um único lugar.

Se você tem um escritório em casa e tem que ir em outro cômodo para pegar papel.

E depois tem que ir mais outro para pegar um livro de pesquisa.

Isto se tornará tão anti produtivo que ficará inviável trabalhar assim.

Antes de começar

Uma dica bacana é passar por cada cômodo da casa verificando se existem coisas que não deveriam estar lá.

Ou que poderiam estar em um lugar melhor.

Por exemplo, uma poltrona que está no quarto, mas ninguém usa.

Está mais para um cabideiro do que uma poltrona efetivamente.

Talvez esta poltrona seria melhor utilizada na sala.

Ou se não ficar bem na sala, talvez seja o caso de pensar em desfazer dela.

Da mesma forma os livros que estão na sala, poderiam ficar no escritório.

Faça esta vistoria em todos os cômodos e deixe as coisas em seus devidos lugares.

Isto ajudará muito na hora que realmente começar com o destralhe.

Destinos possíveis

Outra coisa que você precisa saber são os possíveis destinos que cada item pode ter.

São eles:

  1. Ficar;

  2. Consertar;

  3. Doar;

  4. Vender;

  5. Decidir;

  6. Lixo.

Exceto a opção ficar, para todas as outras você deve ter uma caixa com uma etiqueta escrita o nome da opção.

Enquanto você estiver destralhando sua casa, você vai colocando os itens em suas respectivas caixas.

Já adianto que se form o seu primeiro destralhe, talvez vá precisar de bastante caixas.

Como funciona a caixa Decidir

Quando não sabemos se queremos desfazer de algum item podemos deixar na caixa Decidir.

Se for uma roupa de inverno por exemplo e você passar por toda a estação sem usar esta peça de roupa, fica evidente que deve desfazer de tal peça.

Agora, se for um objeto, você pode colar nele uma etiqueta com a data que está colocando na caixa.

Se passar de 6 meses sem nem lembrar dele é um sinal claro de que ele estava entulhando seu ambiente ao invés de ser algo útil.

Aí você pode passá-lo para a caixa Doar ou Vender.

Como funciona a caixa Doar

Toda vez que esta caixa ficar cheia você deve levá-la para uma instituição que aceite doações.

Você até pode doar antes de encher a caixa.

Mas eu falo desta forma para ganhar produtividade com isso.

Como funciona a caixa Vender

Ao contrário da caixa Doar que eu aconselho primeiro enchê-la, no caso da caixa Vender, sempre que aparecer algo nela, já pode colocar o item à venda.

Não deixe acumular.

Neste caso é melhor vender o quanto antes pois se optar por usar uma rede social ou plataforma de vendas online, acaba consumindo um tempinho.

O princípio do destralhe

A ideia é deixar apenas coisas que sejam importantes para você, que te geram conforto e comodidade.

Lembre-se que você é quem deve possuir as coisas.

E não as coisas que possuem você.

As coisas devem te servir.

Seja uma cama para dormir e recarregar suas baterias.

Ou os utensílios de cozinha que você usa para fazer sua comida e depois se alimentar.

Todos eles devem ter sua finalidade muito bem definida.

Ter algo apenas por ter, não é vantajoso.

Aí você vira escravo dessas coisas.

Passa a gastar tempo para arrumar, limpar e dar manutenção.

Fora o espaço de casa que elas acabam ocupando.

Tirando um espaço que poderia ser ocupado por algo que tenha mais utilidade.

Ou até deixando o espaço livre para você.

Como decidir o que vai destralhar

Produtos de uso geral

Quando for produtos de usar como shampoo, condicionador, perfume, hidratante, protetor solar, maquiagem e coisas do gênero, pense no seguinte:

  1. Verifique a validade. Se estiver vencido é lixo.

  2. Caso seja um produtos que não gostou, doe para alguém que goste.

  3. Por último se for um produto que não deu certo para você, do tipo provocou alguma alergia, é melhor jogar no lixo mesmo. Pois não dá pra saber se poderá provocar a mesma alergia para alguém que você doe. E neste caso é melhor não dar brecha pro azar.

Umas coisa que deve verificar também é se existem frascos guardados com um pouquinho só do produto.

Quando encontrar frascos assim, separe para acabar de usar este produto até o final.

Roupas

As roupas entram perfeitamente naquele esquema das caixas (ficar, consertar, doar, vender, decidir e lixo).

Mas tem alguns detalhes que acho interessante passar pra você.

Verifique se a peça de roupa está:

  1. Desgastada; Pode mandar para a caixa de lixo.

  2. Furada; Caso o furo seja pequeno é possa ser disfarçado com uma pequena costura, pode colocar a peça de roupa na caixa Conserto. Senão é lixo.

  3. Desbotada; Caixa de lixo.

  4. Não serve mais; Caixa Doar ou Vender.

  5. Fora de moda e você não quer usar mais; Caixa Doar ou Vender.

  6. Não combina mais com seu estilo; Caixa Doar ou Vender.

  7. Elástico frouxo; Caixa Conserto ou Lixo.

Seguinte este esquema você conseguirá se virar bem com as roupas.

Calçados

No caso dos calçados existem algumas possibilidades:

  1. Velhos demais; Caixa lixo.

  2. Machucam seus pés; Caixa Doar ou Vender.

  3. Não usa mais. Caixa Doar ou Vender.

Coisas em geral

Nesta categoria entra basicamente todo o restante.

E também é útil utilizar o esquema das caixas.

  1. Quebrado; Se valer a pena e você ainda pretende usar: caixa Conserto. Senão, caixa Lixo.

  2. Desgastado; Caixa Doar.

  3. Duplicidade; Caixa Doar ou Vender.

  4. Não usa mais; Caixa Doar ou Vender.

Importante saber

Tome cuidado com os itens do seu eu imaginário

Quando eu falo do seu eu imaginário eu quero dizer daqueles itens que você se imaginava jogando tênis.

E acabou comprando raquete, bolinhas, roupa própria e usou por poucos meses e está largado num canto a anos.

Neste caso você tem 2 opções:

  1. Volta a jogar e assim consegue se aproximar mais do seu sonho de jogar tênis;

  2. Ou vende tudo para não ficar com todos estes equipamentos entulhando sua casa.

E não adianta pensar que vai voltar jogar, mas ficar apenas nos planos.

Dê um prazo.

Se não voltar a jogar dentro de 1 mês, é melhor colocar na caixa Doar ou Vender.

O tênis foi apenas um exemplo.

Pode ser um instrumento musical, artigos para artesanato, pintura, cozinha, etc.

A mentalidade é o mais importante

Entenda que não adianta destralhar sua casa e após um tempo voltar a comprar tudo novamente.

Não é porque você abriu espaço na casa que tem que voltar a ocupar.

Aproveite e sinta como é bom viver em um lugar com mais espaço para você.

E para isso acontecer é necessário primeiramente mudar sua mentalidade.

Reflita qual é o motivo de estar procurando uma vida mais leve, como é o propósito do minimalismo.

Só assim conseguirá manter-se focado neste caminho.

Cuidado com a pressa

Nós temos a tendência de querer que as coisas aconteçam rápido.

E esse é o maior problema.

Acaba nos deixando estressados e ansiosos para querer fazer o destralhe rápido.

Mas você terá que entrar nessa com calma e paciência.

Vá fazendo aos poucos.

Use a técnica dividir para conquistar.

Escolha uma categoria para destralhar por semana.

E aproveite para curtir este momento.

Faça desta atividade algo prazeroso.

Dessa forma você conseguirá começar a incorporar o minimalismo como sendo uma coisa legal.

E também passará a gostar de destralhar sua casa.

O destralhe é contínuo

Após o primeiro destralhe, que costuma ser o mais trabalhoso, é necessário manter sua casa destralhada.

E a casa, como nossa vida, está em contínua mudança.

Saem coisas, entram coisas e a vida continua.

Por isso é importante, de tempos em tempos, destralhar a casa.

Bom, acredito que com todas essas dicas você conseguirá se virar mais do que bem quando for destralhar sua casa.

Se você achou que este conteúdo teve valor para você e pode ajudar alguém que você conheça, compartilhe-o como demonstração de carinho.

Muito obrigado e até a próxima.


#destralhar #destralhe #minimalismo

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo