• Roberto Kirizawa

Aprenda A Se Modelar

Tempo de leitura: 7 minutos


Você sabe o que é se modelar?

Não sei se você sabe, mas eu gosto muito de ler livros. Tenho um carinho especial em ler biografias de pessoas que acho que tiveram grandes realizações durante suas vidas. E se eu, comentando isso, influenciei você de alguma forma a considerar começar a ler livros assim, antes tenho que te dar um alerta. Tome muito cuidado para não começar a se comparar. Sim, deixa eu te explicar o porquê.

Se comparar faz parte de nossos instintos naturais

Ao começar a ler as biografias comecei a perceber em mim coisas interessantes. Primeiro, fiquei impressionado com a capacidade de realização, coragem e sucesso de todos os ilustres nomes que li. Li biografias de Walt Disney, Steve Jobs, Bill Gates, Barão de Mauá e outros mais. Mas logo depois veio a sensação de que até hoje contribui tão pouco para a inovação e evolução da sociedade que:

Me senti a mosquinha do cocô do cavalo do bandido.

Sabe como é? Comecei a pensar nas escolhas que já tinha tomado na vida e quais foram os resultados delas. Por que essas pessoas que conseguiram deixar sua marca na história tomavam decisões tão acertadas que no final de uma empreitada atingiam grandes resultados? O problema estava comigo ou eles que são um ponto fora da curva? Confesso que fiquei pensativo e deprimido por um tempo tentando encontrar a explicação de que, mesmo querendo contribuir para a sociedade e participar na transformação das pessoas não era isso que eu estava conseguindo como resultado. Por isso, temos que entender que não podemos nos deixar levar por estes pensamentos.

Como tirar proveito da situação

Ao invés de ficar desmotivados achando que somos pouca coisa, temos que usar esta situação a nosso favor. Temos que entender que cada um tem suas qualidades e defeitos. E temos que aprender a conhecer a nós mesmos. Só assim conseguiremos aproveitar nossas qualidades para poder contribuir ao mundo com o que temos de melhor. Acho que temos que pegar os exemplos das pessoas que conseguiram atingir o sucesso, cada um em sua área, para gerar inspiração e determinação para alcançarmos nossos objetivos.

Pare de se comparar e comece a modelar

Ao invés de ficar nos comparando com pessoas que achamos bem sucedidas, temos que começar a analisar o que elas fizeram para alcançar tais façanhas. Analisando seu comportamento, suas atitudes e como se relacionavam com as pessoas ao seu redor podemos começar a entender como chegaram a tal resultado. Dessa forma podemos começar a modelar nossas ações e forma de agir para atingir os objetivos que temos. Nessa análise do modo de viver de outras pessoas bem sucedidas, com certeza vamos encontrar coisas que não concordamos e que não queremos pagar o mesmo preço que elas pagaram. Por isso, podemos entender os caminhos que foram traçados por elas e criar o nosso próprio caminho, com o nosso jeito.

Tome cuidado com quem está querendo se modelar

Os livros mais recentes que li eram sobre a biografia de Walt Disney e Steve Jobs. Confesso que fiquei impressionado com a capacidade de realização de ambos. Não bastasse se destacar em um ponto específico, haviam outras conquistas que deixavam claro que eram pessoas fora da curva. Walt Disney teve sucesso retumbante com seus desenhos animados e não contente criou o parque de diversões mais famoso do mundo. Steve Jobs criou a Apple que foi um sucesso e tanto, foi destituído da própria empresa, fundou a pixar obtendo os louros de ter inovado a animação gráfica e depois voltou para a Apple, que estava passando por maus lençóis e a tornou muito maior e poderosa do que já tinha sido antes. Conhecendo estas histórias fica difícil conseguir se modelar para conseguir alcançar o que eles alcançaram. Mas podemos nos basear em diversas das suas características para conquistar outras coisas que temos como objetivo. Não é por isso também que não vamos pegar pessoas bem sucedidas para tomar como exemplo.

Vamos modelar o que todos tinham em comum

Creio que, independente da área em que atuavam, a característica em comum que une todos os grandes realizadores é a determinação. Não precisamos ter o objetivo de mudar o mundo. Mas podemos trabalhar para ser parte da mudança que queremos. E para conquistar esse nosso objetivo temos que ter determinação. Mas não é determinação por apenas um dia, ou uma semana ou quem sabe um mês. É aquela determinação que nos fará persistir por anos se precisar. Que fará a gente continuar batalhando pelo objetivo, e não se contentar até atingi-lo. Que fará o caminho ser prazeroso, pois a gente acredita tanto que vamos alcançá-lo, que conseguimos ver o resultado da conquista antes mesmo de acontecer.

Porque não somos grandes realizadores

Nosso maior obstáculo somos nós mesmos. Temos medo de falhar. E esse medo faz com que a gente desista de nossos sonhos para evitar de se machucar. Mas o interessante é que dessa forma já estamos nos machucando, deixando de acreditar em nós mesmos! Acredito que podemos nos inspirar nas pessoas que tiveram grandes realizações na história percebendo que eram pessoas como a gente. Que tinham dificuldades, pessoas que não acreditavam em seus objetivos, mas mesmo assim continuaram a acreditar. Nunca deixaram seus sonhos de lado. E acho que é essa principal qualidade que temos que aprender a modelar para alcançarmos tudo que queremos.

Modelar o estilo de vida minimalista

Tendo em vista o assunto que estou abordando neste momento, por que não aproveitamos para modelar o estilo de vida minimalista de certas pessoas para conseguir alcançar os resultados do minimalismo mais rapidamente? Se existem pessoas que já percorreram o caminho e conseguiram atingir certos objetivos que temos, podemos modelar nossas ações e pensamentos para atingir nosso objetivo com menos tempo e de forma menos dolorosa, certo?

Veridito Final

Toda essa análise me fez pensar que o mais importante é entendermos que o parâmetro de referência que temos que ter somos nós mesmos. Temos que nos tornar uma pessoa melhor a cada dia, se comparando com nosso eu de ontem. Apenas trabalhando, estudando e se dedicando no dia de hoje é que conseguiremos conquistar nossos sonhos no amanhã. Se modelar como ferramenta para encurtar o caminho é algo bacana, mas devemos tomar cuidado em não cair nas armadilhas inerentes que estão neste caminho. Acho que por isso que existe o ditado popular que diz:

A grama do vizinho é sempre mais verde.

Muitas vezes apenas vemos apenas um lado da história. Está na hora de nós escrevermos a nossa própria história!

 

Programa Quando Menos é Mais

Caso você tenha interesse de obter todos estes benefícios, utilizando os conceitos do minimalismo em conjunto com técnicas cientificamente comprovadas, clique no botão abaixo e saiba mais sobre o Programa Quando Menos é Mais.


Programa Quando Menos é Mais

 

Se você achou que este conteúdo teve valor para você e pode ajudar alguém que você conheça, compartilhe-o como demonstração de carinho.

Muito obrigado e até a próxima.


#modelar

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tempo de leitura: 5 minutos Hoje vamos conversar sobre o livro A Arte de Viver que foi escrito por Sharon Lebell, baseado no primeiro e mais admirável manual do Ocidente em como viver melhor, criado p

Tempo de leitura: 4 minutos Hoje vamos conversar sobre como muda de vida e conseguir conquistar seus objetivos. Muitas pessoas querem mudar de vida, mas não sabem como começar. Nem mesmo o que tem que