• Roberto Kirizawa

6 Hábitos minimalistas que mudaram minha vida

Tempo de leitura: 4 minutos


Hoje quero te passar os 6 hábitos minimalistas que forjei com o passar do tempo utilizando o estilo de vida minimalista e que tornou minha vida mais leve.

O destralhe é contínuo

O primeiro dos hábitos minimalistas é sobre o destralhe contínuo. Muitas pessoas acham que realizando apenas uma única vez o destralhe, tudo está resolvido. Mero engano… Na verdade é neste momento que a jornada está começando. E é necessário entender que, apesar do primeiro destralhe ser o mais pesado de se fazer, a partir de então é necessário manter o ambiente limpo e organizado. E para tanto, a partir deste momento é necessário manter o que já foi feito. Afinal de contas a vida continua. Sempre haverá coisas entrando e saindo do guarda roupas e de casa. E estar atento para deixar apenas o que é essencial é algo que nunca pode ser deixado de lado.

Bagunça atrai bagunça

O segundo dos hábitos minimalistas que aprendi é que bagunça atrai bagunça. Portanto, não se deve deixar as coisas para serem arrumadas depois. Um controle remoto jogado aqui, um livro jogado ali e assim as coisas começam a sair do controle. Quando se percebe, já foram feitas tantas concessões que o ambiente está uma bagunça só. Aí só pode acontecer 2 coisas: Ou larga mão de tudo que tinha sido feito e de todo esforço já efetuado. Ou para colocar as coisas de novo no eixo será necessário um grande esforço novamente.

Não fique vendo vitrines

O terceiro dos hábitos minimalistas é que não fico mais vendo vitrines, procurando algo para comprar. Um dos passatempos mais comum da maioria das pessoas é passear no shopping. E isto acaba propiciando uma das atividades que muitas pessoas acabaram ficando viciadas, que é fazer compras. Pode até não estar precisando de roupa, mas fica vendo as vitrines a procura de algo que ache bonito para comprar. Quando vou para o shopping é para passear mesmo. Vou tomar um café, fazer um lanche e mudar de ares. Mas não tenho mais a necessidade de ficar vendo as vitrines.

Não compre por impulso

O quarto dos hábitos minimalistas acontece quando penso em comprar algo, principalmente quando este algo tem um valor razoável. Eu seguro a compra por algum tempo. Faço isso de propósito para ver se realmente estou precisando disso ou se acabo me virando com o que tenho. Se passado este tempo ainda sinto a necessidade desta compra, aí sim começo a ponderar uma pesquisa mais aprofundada sobre o produto. Isto evita aquelas compras por impulso.

Um dos hábitos minimalistas mais importantes é: aprenda a dizer não

O quinto dos hábitos minimalistas é muito importante: aprendi a dizer não. Quantas vezes você aceitou fazer um determinado trabalho apenas porque não soube dizer não na hora? Aí gastou o maior tempo fazendo aquilo e no final percebeu que não agregou em nada na sua vida ou no seu trabalho. Dizer não é uma arte. Primeiro porque é necessário saber falar não de forma que não vá passar a impressão de estar desmerecendo quem está solicitando o favor. Segundo porque é só assim que se consegue ter o tempo necessário para viver uma vida mais leve, com significado. Só quando se entende que é necessário dar atenção apenas ao que é essencial, que se consegue fazer as escolhas de forma correta. Não que seja fácil e que sempre acertaremos, mas é um passo na direção para este caminho.

Curta o caminho

O sexto dos hábitos minimalistas criado é que entendi que é necessário curtir o caminho. Não dá para pensar de forma simplista e achar que tudo tem um fim. Tipo, quando se quer algo e só será feliz quando conquistar isto. E logo depois que conquistou este algo, no dia seguinte já está triste novamente porque agora existe outro objetivo a ser conquistado. Não é assim que se deve encarar a vida. A vida é contínua. E seria uma fração muito pequena da vida, ser feliz apenas quando se conquista algo. O maior tempo é dedicado no caminho entre uma conquista e outra. Portanto, curta o caminho.

 

Programa Quando Menos é Mais

Caso você tenha interesse de obter todos estes benefícios, utilizando os conceitos do minimalismo em conjunto com técnicas cientificamente comprovadas, clique no botão abaixo e saiba mais sobre o Programa Quando Menos é Mais.


Programa Quando Menos é Mais

 

Se você achou que este conteúdo teve valor para você e pode ajudar alguém que você conheça, compartilhe-o como demonstração de carinho.

Muito obrigado e até a próxima.


#hábitosminimalistas

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tempo de leitura: 5 minutos Hoje vamos conversar sobre o livro A Arte de Viver que foi escrito por Sharon Lebell, baseado no primeiro e mais admirável manual do Ocidente em como viver melhor, criado p

Tempo de leitura: 4 minutos Hoje vamos conversar sobre como muda de vida e conseguir conquistar seus objetivos. Muitas pessoas querem mudar de vida, mas não sabem como começar. Nem mesmo o que tem que