• Roberto Kirizawa

4 DURAS LIÇÕES DE VIDA

Atualizado: 3 de fev.



Tempo de leitura: 7 minutos


Você já pensou quais são as lições de vida que gostaria ter aprendido mais cedo?

Se você pudesse voltar no tempo e encontrar com você criança, o que você faria?

Quais conhecimentos você passaria?

Que dores que você tentaria evitar?

Quais aprendizados que ocorreram pela dor que você tentaria passar com amor?

É sobre isto que vamos conversar hoje.


As duras lições de vida que eu queria ter aprendido mais cedo

Olá! Tudo bem com você?

Eu sou Roberto Kirizawa e como você sabe eu escolhi o minimalismo como meu estilo de vida.

Hoje vamos conversar sobre as duras lições de vida que eu gostaria de ter aprendido mais cedo.

Existem certas coisas que passamos na vida que nos marcam.

Algumas dessas experiências ficam guardadas na memória por serem momentos felizes.

Porém, existem outras experiências que ficaram marcadas em nossas vidas por terem nos feito sofrer.

E geralmente não foi um sofrimento pequeno, foi um baita sofrimento.

Daqueles que criam uma linha divisória entre sua vida antes e depois daquele fato.

Mas como eu costumo dizer, é justamente em momentos de dor que criamos forças para evoluir.

Aprendemos com estas amargas experiências e ressurgimos das cinzas como na lenda da Phênix.

E pensando nisso que eu pensei em criar este conteúdo.

Infelizmente eu não posso voltar no tempo para me passar os conhecimentos que adquiri com estas duras experiências que tive.

Porém, posso compartilhar com você, e quem sabe, ajudar de alguma forma caso esteja precisando ouvir isto, neste momento.


1- Não se leve muito a sério

Devo confessar que sempre fui o tipo de pessoa que sempre se preocupou demais com tudo.

  1. Com o que as pessoas iriam pensar sobre o que eu fiz;

  2. Com as possíveis consequências dos meus atos;

  3. Qual seria a melhor escolha a fazer para obter o melhor resultado.

E isto sempre me estressou demais.

A minha cobrança sobre mim mesmo sempre foi um fardo muito pesado sobre meus ombros.

Inclusive este foi um dos motivos do qual eu procurei uma mudança no meu estilo de vida.

Eu procurava uma vida mais leve, com significado, e nesta jornada encontrei o estilo de vida minimalista.

Eu era o tipo de pessoa que não se permitia errar ou ter baixo resultado em qualquer coisa que fosse.

Quando isto acontecia eu ficava remoendo o porque daquilo ter acontecido.

E mesmo tendo encontrado o motivo e aprendido a lição para evitar de errar novamente, eu continuava preso nestes pensamentos de auto-flagelamento por um bom tempo.

Isso me deixava estressado, sem paciência e o pior: acabava sobrando também para as pessoas que estavam próxima de mim.

Hoje, agora que eu já compreendi como é o funcionamento do meu pensamento, evito de ficar remoendo sobre determinado acontecimento que não ocorreu conforme minha expectativa.

Simplesmente reflito pensando o que posso levar de lição da situação, e ponto final.

Respiro fundo e ao expirar penso que toda aquela carga de energia pesada está saindo do meu corpo junto com o ar dos meus pulmões.

E pronto!

Parto para seguir o meu dia normalmente, sem aquele estresse que estava pesando sobre mim.


2- A técnica do que de pior pode acontecer?

Quantas vezes você ficou sem ação diante de uma situação?

Sem saber qual seria a melhor decisão a ser tomada.

E você fica remoendo isto por horas, dias, e até meses.

Quando isto acontecer, não deixe que esta situação tome conta da sua vida.

Pense na pior consequência possível se você tomar a decisão que está com medo.

Por exemplo, se você quer mudar de emprego para uma nova profissão.

Qual seria a pior coisa que poderia acontecer com você?

Ficar sem dinheiro?

Ter que voltar a morar com os pais?

Ter que vender seu carro?

Parar de ir nas baladas?

Não comer mais em restaurantes?

Depois de elencar todas as possibilidades ruins que podem acontecer, você perceberá que o monstro que criou não é tão horrível assim.

Aí é arregaçar as mangas e dar o seu melhor em algo que possa te satisfazer plenamente.

Afinal de contas, quando estamos trabalhando com algo que nos completa, naturalmente o resultado do nosso trabalho é bom.

E este é o grande diferencial entre quem alcança ou não o sucesso.


3- Entender o que é essencial

A pior coisa que pode nos acontecer é não saber o que é essencial em nossas vidas.

O minimalismo fala tanto em focar no que é essencial e deixar de lado o que não é de interesse, que isto não pode ser apenas dito, da boca pra fora, sem ser realmente compreendido.

Nós tendemos a repetir tantas frases de efeito que vemos e escutamos pelas redes sociais, mas pensando dessa forma, percebo que elas estão sendo ditas e jogadas ao ar sem efeito algum.

Acabam virando palavras vazias, sem significado.

Nossa vida é dividida em diversas áreas.

  1. Trabalho;

  2. Relacionamento;

  3. Saúde;

  4. Finanças;

  5. Lazer.

Entender o que é importante e essencial para você é crucial para poder fazer as escolhas certas.

Se você está em um momento em que precisa montar sua reserva financeira para emergências e esta é sua prioridade, não adianta querer manter o mesmo estilo de vida que te trouxe até aqui e não conseguiu economizar um centavo.

Da mesma forma, se quer manter um relacionamento feliz e saudável, não adianta se dedicar totalmente ao trabalho e não priorizar ter um tempo diariamente para cultivar o amor.

Por isso, não adianta apenas saber o que é essencial.

É necessário agir de acordo com as prioridades que você elencou para o seu momento de vida.


4- O poder da consistência é uma das principais lições de vida

Para minha sorte e azar sempre tive facilidade em aprender as coisas e executá-las com uma certa proficiência.

O lado bom é que rapidamente eu conseguia bons resultados na maioria das coisas que eu me aventurava a fazer.

Mas o lado ruim é que isto me deixou mal acostumado a não persistir em algo que não estava indo tão bem.

Afinal de contas, era mais fácil partir para outro rumo e conseguir, em breve tempo, um bom resultado de novo.

Porém esse modo de agir não cultivou em mim manter a consistência e persistência em algo para dar certo a longo prazo.

E isso faz toda a diferença para atingirmos o sucesso e satisfação pessoal.

Pessoas que tem dificuldades em diversas áreas, quando encontram uma que se identificam e fazem bem, tem que se apegar a ela e seguir até o fim.

Até porque são poucas opções que elas têm para fazer que são boas ou lhes dão prazer.

E desta combinação nasce a consistência e a persistência.

Eu conheço pessoas que se mantiveram fazendo a mesma coisa por muitos anos a fio e por consequência encontraram o sucesso.

Hoje, que encontrei algo que me imagino fazendo pelo resto da minha vida, percebo como é satisfatório fazer algo com consistência.

E a lição que tiro daqui é: não tenha medo de mudar até encontrar o que realmente te faz feliz.

Mas assim que encontrar, agarre qualquer oportunidade de fazer e de viver disto.

Siga com consistência e não se deixe abalar pelos obstáculos que vierem pela frente.

Somente desta forma será possível conquistar o seu sucesso pessoal.


O que eu espero passando as minhas lições de vida

Espero, do fundo do meu coração, que o que eu aprendi, muitas vezes à duras penas, possa de alguma forma te ajudar.

A deixar o momento em que está passando menos pesado e que a decisão que precisa tomar seja feita com sabedoria e principalmente: consiga finalmente ser tomada.

Se você achou que este conteúdo teve valor pra você e pode ajudar alguém que você conheça, compartilhe como demonstração de carinho.

Muito obrigado e até a próxima





#autodesenvolvimento #desenvolvimentopessoal #liçõesdevida #minimalismo


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tempo de leitura: 5 minutos Hoje vamos conversar sobre o livro A Arte de Viver que foi escrito por Sharon Lebell, baseado no primeiro e mais admirável manual do Ocidente em como viver melhor, criado p

Tempo de leitura: 4 minutos Hoje vamos conversar sobre como muda de vida e conseguir conquistar seus objetivos. Muitas pessoas querem mudar de vida, mas não sabem como começar. Nem mesmo o que tem que

Tempo de leitura: 5 minutos Você tem ideia como é a rotina de uma pessoa minimalista? Quando uma pessoa opta por ter uma vida minimalista ela passa a sentir as mudanças no seu dia a dia. E o engraçado