• Roberto Kirizawa

10 MAUS HÁBITOS QUE ACABAM COM SEU DINHEIRO





Você conhece os 10 maus hábitos que acabam com seu dinheiro e você nem percebe?

Todos nós temos ou já tivemos maus hábitos financeiros que foram criados de forma impensada.

Nós nem nos damos conta de como aos poucos eles vão se acumulando e acabam tendo o mesmo efeito da bola de neve.

Ou seja, vão se acumulando e quando vamos colocar na ponta do lápis, levamos um baita susto.

Eles se tornam muito representativos e acabam consumindo uma boa parte da nossa renda mensal.

E é justamente sobre quais são estes hábitos, que acabam com nosso dinheiro, que vamos conversar hoje.


Hábitos que acabam com seu dinheiro

Olá! Tudo bem com você?

Eu sou Roberto Kirizawa e como você sabe eu escolhi o minimalismo como meu estilo de vida.

O interessante é que o minimalismo nos faz repensar vários aspectos de nossas vidas.

E a parte financeira é, sem dúvidas, uma delas.

Nesse processo de refletir em como lidamos com o dinheiro percebemos que acabamos acumulando durante a vida, certos hábitos que mais atrapalham do que ajudam.


1- Justificar a compra de algo pelo valor da parcela

Quem nunca quis comprar algo, mas ficou na dúvida?

Então para satisfazer a vontade de ter este algo começa a tentar justificar mentalmente a compra.

E uma das justificativas que muitas pessoas acabam usando é que podem comprar, pois o valor da parcela cabe dentro do seu orçamento.

O fato é que as lojas colocam em seus cartazes os preços parcelados justamente para poder enviar este tipo de mensagem subliminar para os consumidores.

Desta forma a atenção é desviada do alto valor a ser pago pelo produto, tornando o valor da parcela muito mais digerível e bem mais fácil de aceitar.

Portanto, ao comprar algum bem de valor mais alto, não se deixe enganar por este tipo de artifício.

Sempre pense no valor total.

Assim, será possível ter uma noção real do impacto que esta compra fará no seu bolso.


2- Tomar café fora de casa

Essa de parar de tomar o cafezinho fora de casa gera uma discussão tremenda.

Existem especialistas que são a favor e outros que são contra.

Mas o fato é que tomar café, todos os dias, em estabelecimentos dentro de shoppings e até em padarias mais chiques gera uma gasto significante mensalmente.

E outra coisa: nunca ficamos apenas no cafezinho, né.

Apesar dele já custar um valor razoável, na maior parte das vezes pegamos alguma coisa para acompanhar.

Seja um pedaço de bolo, uns biscoitinhos, um chocolate, o fato é que isto acaba fazendo o valor do gasto mensal aumentar significantemente.


3- Passeio de compra

Eu sei que ninguém sai dizendo que irá fazer um passeio de compras.

Ou pelo menos, a maior parte das pessoas não dizem isso.

Podem até pensar, mas não expressam, pois sabem que isso acaba virando uma armadilha para suas finanças.

Mas quando você está entediado(a), querendo matar tempo, acaba caindo no hábito de dar uma passeada pelo shopping para dar uma olhada nas vitrines.

Aí começa a ver uma coisas legais, e acaba aproveitando para comprar.

E é importante você notar este padrão, pois é o tipo de hábito que acaba se criando, sem perceber, e esses é um dos hábitos que acabam com nosso dinheiro de forma bem fácil.


4- Usar cartões de crédito indiscriminadamente

O uso do cartão de crédito é uma das formas mais comuns das pessoas perderem o controle de suas finanças.

Acaba sendo muito simples comprar qualquer coisa.

Se você gostou de algo, basta comprar e passar no cartão.

E ainda tem o lado psicológico de que por não estar vendo o dinheiro saindo da sua carteira, você acaba não tendo a sensação de que realmente está gastando seu rico dinheirinho.

Porém, o grande inconveniente é quando chega a fatura do cartão de crédito.

Nesta hora você quase cai de costas.

Acaba pagando o valor mínimo e começa a pagar juros tão altos, sobre o restante do valor que deixou de pagar, que acaba virando refém desta dívida.


5- Comprar antes de ter o dinheiro

Hoje em dia sofremos com o imediatismo.

Ficamos tão mal acostumados de que tudo está a um clique de distancia que passamos este tipo de pensamento também para nossas compras.

Ao invés de primeiro juntar o dinheiro para só depois comprar, atualmente existe a possibilidade de parcelar.

As lojas parcelam no cartão e muitas tem seu próprio crediário para facilitar a compra por parte dos consumidores.

Mas na verdade eu falaria que é para facilitar a venda pelas lojas.

Esta é uma maneira muito simples de se endividar e ficar a um passo de perder o controle de suas finanças.


6- Lista de e-mail

Se você é do tipo de pessoa que se cadastra em todas as listas de e-mail que vê pela frente, deve tomar muito cuidado.

Principalmente se forem listas de lojas ou de marcas de produtos em geral.

Primeiro que seu e-mail ficará sempre cheio e difícil de manter em ordem.

Segundo porque você estará recebendo a toda hora novidades de produtos que acabaram de ser lançados, ofertas e descontos.

E sabe como é…

A tentação é grande.

Você estará correndo um grande risco de se empolgar com alguns destes e-mails e sair comprando o que não devia.

Portanto, retire o seu cadastro das listas de e-mail de lojas e marcas, deixando o cadastro apenas em listas que você ache realmente que valem a pena, e você recebe boas informações que te auxiliam de forma verdadeira.

Pra quê correr o risco, certo?


7- Redes sociais é um dos maus hábitos que acabam com seu dinheiro

As redes sociais podem ser interessantes quando você segue um influenciador que lhe proporciona conteúdo de valor.

Tudo bem até destinar um determinado tempo diariamente para dar uma olhadela na linha do tempo, desde que não seja muito.

Porém, tome cuidado em não gastar mais tempo do que deveria e acabar deixando de lado o que realmente devia ter sido seu foco naquele momento.

E outro fator importante, para evitar de ficar muito tempo nas redes sociais, é a quantidade de propagandas a que você ficará exposto(a).

Quanto mais tempo, mais propagandas.

Além disto, o algoritmo (programa que controla tudo) das redes sociais estão cada vez mais inteligente, conseguindo mostrar propagandas exatamente adequadas ao momento de vida que você está passando e quais as necessidades que tem em cada momento.

Desta forma, existe uma chance muito grande de você acabar sendo fisgado e acabar comprando algo por impulso, apenas porque uma propagando bem feita apareceu na hora certa pra você.


8- Compras por que estava barato

As lojas em geral possuem várias estratégias para aumentar suas vendas.

Ou seja, fazer você acabar saindo com mais coisas do que pretendia, quando entrou para dar uma olhada na vitrine.

Uma destas artimanhas é colocar produtos que possuem um valor baixo, em lugares estratégicos para que você acabe levando, pois acha que não vai afetar muito o valor da compra mesmo.

É o caso de colocarem geladeiras com porta de vidro em frente da fila do caixa com refrigerantes geladinhos, principalmente naqueles dias de calor.

Falando em calor, os sorvetes também não podem faltar.

Fora isso tem um monte de docinhos, chicletes e outras guloseimas que ficam exatamente ao alcance do olhar das crianças.

São coisas que não são tão caras, porém se você passar no supermercado de 1 a 2 vezes por semana, ao contabilizar os gastos anuais com essas bobeiras, você cairá de costas.


9- Pedir comida em casa

Esse é um hábito que é complicado de tirar porque você faz isso como forma de se recompensar pelo dia difícil e trabalho duro que teve que fazer.

Afinal de contas, quem trabalha feito um louco(a), como você, merece ter uma compensação no final do dia, certo?

Errado!

Não é com este tipo de pensamento que você conquistará seus objetivos.

Até porque não se deve fazer as coisas porque receberá uma compensação logo após.

Mas sim, porque você sabe que é o certo a se fazer para conquistar a meta que tanto almeja.

Portanto, nada de ficar pedindo junk food para compensar um dia de trabalho cansativo.

Além de estar gastando seu dinheiro com algo que não devia, também está fazendo mal para sua própria saúde.

E ainda por cima, criando um mal hábito que poderá ser muito difícil de parar depois.


10- Ter vários cartões é outro dos hábitos que acabam com seu dinheiro

Eu já comentei do problema de usar um cartão de crédito indiscriminadamente.

Agora se você aceita todos os cartões, que todos os estabelecimentos oferecem, você está aumentando de forma exponencial a probabilidade de gastar mais do que deve.

E ainda por cima acabar se endividando, tendo que pagar juros altíssimos para as operadoras dos cartões.

Já vi pessoas que a carteira fica parecendo uma bola de tão cheia de cartões de crédito que tem.

Ter muitos cartões de crédito, além de facilitar a probabilidade de endividamento, acaba gerando uma dificuldade imensa para controlar os gastos que foram feitos em cada um.

Então, se for para ter cartão, procure ter apenas um.

É mais fácil de controlar, e você centraliza os gastos em apenas uma instituição, podendo receber benefícios mais atraentes.

Mas lembre-se:

Se preferir usar dinheiro ao invés de cartão de crédito, será melhor ainda.

O que podemos aprender com os maus hábitos que acabam com o seu dinheiro

Com tudo isso, dá para perceber que o que não falta são armadilhas para você comprar mais do que deve, e acabar se endividando.

Por isso, o mais importante é entender qual é a forma adequada em lidar com o dinheiro.

É ter a mentalidade certa para conseguir usar o dinheiro corretamente e começar a poupar, como eu explico detalhadamente o caminho das pedras no meu livro Como Ter a Mentalidade para Ser Rico.

Inclusive quem for membro do clube do canal do YouTube poderá ter até 50% de desconto.


Se você achou que este conteúdo teve valor pra você e pode ajudar alguém que você conheça, compartilhe como demonstração de carinho.


Muito obrigado e até a próxima



#dinheiro #dinheironolixo #finanças #hábitosfinanceiros #minimalismo

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo